Produção do carros eletrico pela Renault-Nissan - Carros

Produção do carros eletrico pela Renault-Nissan

Leia sobre o carro: Produção do carros eletrico pela Renault-Nissan

13/03/2008

Produção do carros eletrico pela Renault-Nissan

Um protocolo de intenção foi assinado hoje, em Jerusalém, para início das atividades no mercado israelense.

A Aliança Renault-Nissan e o Projeto "Better Place” estão criando condições para a introdução, em Israel, de um carro elétrico em larga escala com o objetivo de reduzir significativamente as emissões de poluentes. A solução, inovadora, proposta pelas empresas é uma resposta ao desafio que o governo israelense lançou à indústria automotiva para impulsionar o desenvolvimento dos transportes nos país com a adoção de energias renováveis.

O governo israelense oferecerá incentivos fiscais aos clientes enquanto a Renault produzirá os carros elétricos e o Projeto “Better Place” construirá uma rede de postos para recarga das baterias em todo o território israelense. Os carros elétricos chegarão ao mercado em 2011.

Carro 100% elétricos: todas as funções dos carros Renault serão movidas a eletricidade. O objetivo de zerar as emissões será atingido ao oferecer performances idênticas àquelas de um carro equipado com motor 1.6 gasolina. Os carros elétricos serão equipados com baterias “íon-lítio”, assegurando autonomia e longevidade.
• Um modelo econômico inovador: Esta será a primeira vez que a propriedade do veículo e das baterias serão distintas. Os consumidores comprarão o veículo Renault e assinarão um ‘pacote de serviços’ para a recarga das baterias de acordo com a quilometragem rodada. Trata-se de um esquema similar ao adotado pela telefonia celular.
• Custos competitivos: O governo israelense recentemente prolongou para até 2019 os incentivos fiscais para a compra de um veículo com “zero de emissões”, o que torna este modelo de automóvel mais vantajoso. Como o custo da eletricidade é menor em comparação aos combustíveis fósseis, o custo de uso total pelo cliente será inferior em comparação a um motor térmico.
• Infra-estrutura da rede de recarga: o Projeto “Better Place”, que possui sede na Califórnia (EUA), tem o objetivo de construir uma vasta rede de postos para a recarga das baterias, com uma previsão de 500 mil pontos para atendimento. Um sistema informatizado indicará ao condutor do veículo a quantidade de eletricidade disponível e qual é o posto mais próximo. A Nissan, por meio de um acordo com a NEC, concebeu uma bateria que responde às necessidades do veículo e que permite a sua fabricação em larga escala.
• Um mercado ideal: Em Israel, onde 90% dos automóveis percorrem menos de 70 quilômetros por dia e onde a distância entre os principais centros urbanos não ultrapassa 150 quilômetros, o automóvel elétrico é o meio de transporte ideal e o que poderá responder às necessidades da população.

O Projeto “Better Place”

O projeto é uma sociedade de capital de risco que tem por missão reduzir a dependência mundial do petróleo criando infra-estruturas de transporte para carros elétricos. Lançado em 2007, o Projeto “Better Place” construirá sua primeira rede de recarga elétrica em Israel e prevê desenvolver, na seqüência, esta infra-estrutura nos demais países. Entre os investidores do projeto estão o banco Morgan Stanley, a holding Israel Corp. e a Maniv Energy Capital.

A Aliança Renault-Nissan A Aliança Renault-Nissan, criada em 1999, vendeu em 2007 aproximadamente 6.163.000 veículos (de acordo com estimativas das empresas).



Noticias sobre Carros