NISSAN FRONTIER - Carros

NISSAN FRONTIER

Leia sobre o carro: NISSAN FRONTIER

07/11/2007

NISSAN FRONTIER

A Nova Nissan Frontier é uma picape com conforto e comodidades de carro de passeio. Derivada da Pathfinder, o utilitário-esportivo mais vendido da marca, chega agora na versão completa SEL cabine dupla, tração 4x4 com seletor eletrônico e motor turbo-diesel Common Rail de 172 cv de potência e 41,1 kgf.m de torque o de melhor performance da categoria. Dois tipos de transmissão estarão disponíveis: a inédita caixa manual de seis marchas e a automática de cinco velocidades, igualmente exclusiva no segmento.

O motor escolhido para o mercado brasileiro é identificado pela sigla YD25ETi e se trata de um quatro cilindros turbo-diesel Common Rail de 2,5 litros de capacidade cúbica e 4 válvulas por cilindro. É a segunda geração de motores a diesel da Nissan, criada para se enquadrar na norma Euro-4 de emissões. Os 172 cv de potência (a 4.000 rpm) aliados aos 41,1 kgf.m de torque (2.000 rpm) colocam a Nova Nissan Frontier em vantagem sobre as principais concorrentes. É o motor mais potente e com maior torque disponível entre as picapes médias vendidas no País, explica Furtado.
O turbo de geometria variável é o responsável pela distribuição progressiva da potência e pelas baixas emissões de poluentes, enquanto o sistema de árvores de balanceamento garante a suavidade de funcionamento e o baixo nível de ruído do motor.

5 ou 6 marchas

A usina de força é administrada por dois tipos de transmissão, à escolha do cliente uma exclusiva caixa manual de seis marchas e a igualmente inédita transmissão automática de cinco velocidades. O câmbio manual é formado por sincronizadores de duplo cone para a primeira, terceira e quarta marchas e de triplo cone para a segunda marcha, providência que torna as passagens de marcha mais precisas e suaves. A sexta marcha produz um grande equilíbrio entre desempenho, economia e baixo nível de vibração e ruído, ressalta Rafael Clemente. A embreagem de acionamento hidráulico tem acionamento macio.

Todas as versões são dotadas de tração 4x4 com reduzida acionada eletronicamente por meio de seletor no painel. O engate da tração pode ser feito com o veículo em movimento com uma velocidade de até 100 km/h e é tão simples quanto acionar o comutador dos faróis. A reduzida só pode ser engrenada com a picape parada (uma trava no seletor impede o acionamento com o veículo em movimento). Associado à força do motor e aos generosos ângulos de ataque e de saída, o sistema 4x4 capacita a Nova Nissan Frontier a enfrentar com desenvoltura qualquer tipo de terreno. A Nova Nissan Frontier foi projetada para o trabalho pesado nas condições mais adversas, observa Arison Souza. Mas sabemos que a maioria dos compradores dos grandes centros utilizará a picape para o lazer. Os modelos também vêm equipados com freios ABS apoiados pelo sistema eletrônico de distribuição de frenagem (EBD) e pelo assistente de frenagem (BA). As rodas de liga de alumínio de 16 polegadas são calçadas por pneus 255/70.

A Nissan do Brasil, segundo conta Arison Souza, estima que a maioria dos compradores da Nova Nissan Frontier será formada por homens na faixa dos 30 a 45 anos. A nova Frontier tem todos os ingredientes que este público procura em uma picape: conforto, desenho, potência e condução prazerosa, afirma o executivo. Estamos lançando uma verdadeira picape média 4x4 que alia valentia e resistência com luxo e conforto só encontrados em veículos de passeio.

A picape também terá itens de personalização exclusivos, disponíveis na rede Nissan em todo o País. Estamos desenvolvendo acessórios específicos para a Nova Nissan Frontier, informa Tai Kawasaki, diretor de Pós-vendas da Nissan. Quando o carro chegar às lojas, já poderá receber protetor de caçamba, capota marítima e santo-antônio. Em breve, o interessado também encontrará engate de reboque, rack de teto, navegador por GPS, sistema bluetooth e equipamentos de entretenimento, diz Kawasaki.


Noticias sobre Carros