Programa da Renault ajuda o motorista a proteger o meio ambiente e a economizar combustível

AutoMotor
AutoMotor Carros Tunados

Carros Tunados Fotos Carros Tuning - Carros Rebaixados - Fotos Tuning - Automoveis





26/06/2008

Programa da Renault ajuda o motorista a proteger o meio ambiente e a economizar combustível

Carros - AutoMotor

Dentro do seu compromisso de contribuir continuamente para a preservação do meio ambiente, seja por meio do desenvolvimento de modelos ambientalmente corretos ou através de ações/tecnologias em suas fábricas, o Grupo Renault apresenta o “Renault Eco-Driving”, um conjunto de atitudes básicas e simples, que auxiliam na redução dos níveis de emissões de poluentes e podem facilmente ser incorporadas na rotina diária dos motoristas.

Dirigir de forma mais ecológica é possível. Este é o conceito básico que norteou os técnicos da Renault no desenvolvimento do “Renault Eco-Driving”. “Trata-se de um conjunto de pequenas e simples ações que podem nos auxiliar a reduzir as emissões de poluentes e contribuir para a economia de combustível em nossos automóveis”, diz o piloto de testes da equipe Renault F1 Team, Lucas Di Grassi.

“A primeira dica do ‘Renault Eco-Driving’ está relacionada às trocas de marchas. As reduções de marchas devem ser feitas quando a rotação do motor atingir a casa dos 1.000 rpm. Já as mudanças de marchas ascendentes devem ser realizadas, nos veículos de passeio, quando se ultrapassa os 2.400 rpm. O ideal é que o motorista esteja com a quarta ou quinta marcha engatadas quando o veículo atingir a velocidade de 50 km/h”, ensina o piloto.

Outra recomendação do “Renault Eco-Driving” é a de manter a velocidade constante a partir dos 40 km/h, com isso o motorista contribuirá com a preservação do meio ambiente além de obter uma redução no consumo de combustível. “Se for frear, melhor usar o freio-motor – claro, desde que seja apenas uma redução de velocidade e não haja riscos. O freio de pedal deve ser acionado o menos possível. Permitir que o veículo reduza a velocidade naturalmente ajuda a cortar o fluxo de combustível, ou seja, contribui para diminuir o consumo. A 50 km/h em quinta marcha, uma dica é tirar o pé do acelerador a uns 100 metros antes do semáforo. Ou seja, a meta é dirigir sempre de maneira suave, evitando solavancos tanto para acelerar quanto para reduzir a velocidade”, explica Di Grassi.

Mas há uma exceção na dica acima: “Até chegar aos 50 km/h, é preferível que o motorista acelere rapidamente até engatar a quinta marcha – claro, rapidamente não quer dizer abruptamente. É rápido, mas com calma. Depois dessa velocidade, o ideal é conter a aceleração. E as mudanças de marcha devem ser precisas, sem hesitação”.

Planejar a viagem de forma antecipada, levando-se em consideração a topografia, especialmente nas estradas, pode ser uma aliada na economia de combustível segundo o “Renault Eco-Driving”. Di Grassi explica que “se o motorista estiver guiando em uma descida, ele não deve acelerar para ganhar mais velocidade. É preferível que ele deixe a gravidade atuar, porém, por segurança, ele deve manter a velocidade constante. Já em subidas, a recomendação é que o condutor deixe o veículo perder gradualmente velocidade, mas sem obstruir outros motoristas. Se possível, ele deve manter uma velocidade constante acima dos 40 km/h”.

Atualmente, nos grandes centros urbanos, os congestionamentos se tornaram uma rotina. A dica do “Renault Eco-Driving” nesse caso é desligar o motor caso o motorista perceba que vai ficar parado por mais de um minuto. Assim, reduz-se a emissão de poluentes e contribui para a economia de combustível.

Uma recomendação fundamental segundo o “Renault Eco-Driving” é checar a pressão dos pneus mensalmente: “Pouca gente faz isso”, diz Lucas. “E pneus com pressão incorreta podem até se tornar os maiores consumidores de combustível no dia-a-dia do motorista comum. Quando eles estão abaixo da pressão, que é o mais comum, oferecem maior resistência ao movimento das rodas. Considere essa resistência uma força atuando continuamente contra o movimento do automóvel, e você entenderá por que é importante calibrar os pneus. Sem contar que, bem calibrados, o consumo de borracha é menor, aumentando a durabilidade dos pneus”.

O ar-condicionado também deve ser reavaliado por quem pretende consumir menos. “De acordo com os técnicos que elaboraram o “Renault Eco-Driving”, uma medida simples é não sair ligando o ar-condicionado imediatamente ao partir com o veículo”, diz Di Grassi. “Primeiro, deve-se checar se a temperatura externa é agradável. Se for, basta deixar o ar exterior entrar no carro”.

Ainda no momento da partida do veículo, principalmente nos dias mais frios, o motorista não precisa “aquecer” o carro antes de sair. Os veículos produzidos atualmente não precisam mais desse tipo de medida. Basta apenas o motorista dar a partida e sair dirigindo o automóvel de forma gradual, até que o motor alcance a temperatura ideal de funcionamento.

O piloto de testes da equipe Renault F1 Team lembra ainda de outras dicas do “Renault Eco-Driving”: - “Não carregue peso desnecessário – muita gente vai usando o porta-malas como uma espécie de depósito e esquece de retirar os objetos. No fim, tudo o que o carro carrega exige um dispêndio de energia para movimentá-lo. E assim o combustível acaba mais rápido”. - “Realize as manutenções e revisões descritas e recomendadas no Manual do Proprietário. Um carro com a manutenção em dia contribui bastante para poluir menos e reduzir os níveis de consumo de combustível. Além disso, por exemplo, evita que uma falha mecânica, que poderia ser diagnosticada previamente em uma revisão, deixe o motorista e os seus passageiros na mão”.


.

.

Carros Tunados, Carros Tuning

Salão de Carros Tunados de 2010
Veja varios carros tunados do Sema Show 2012
Muitas pickups Ford no Sema Show 2012
Pick-ups Rebaixadas do Sema Show 2012
Sema Show de 2012
Gol Tunado Fotos
Parati Tunada Fotos
McLaren F1 Tunada Fotos
Um Fusca Com Rodas aro 17
Fusca com Motor AP


Carros, Noticias do Mercado de Automóveis, noticias Carros

Fiat Palio Fire Economy ganha Série Especial Itália
Fiat Strada 2014 tres portas
Chevrolet Onix 2013
Chevrolet Cobalt 2014 passa a contar com sistema MyLink
Novidades da Jac Motors no salão de SHANGHAI 2013
Linha 2013 do Renault Symbol
Conheça o SUV Renault Duster
Nissan Sentra 2012
Conheça família Nissan Livina 2012
Nissan Versa
Nissan March
Renault do Brasil comemora 2011 como a marca que mais ampliou participação de mercado no ano
Conheça o Novo Fiat Palio
Novo Peugeot modelo 2012
Renault Logan 2012
Todos os anuncios veiculados neste site são de inteira responsabilidade de seus anunciantes. O Automotor não se responsabiliza por produtos ou serviços oferecidos nem da qualquer tipo de garantia, sendo estas de obrigação dos proprios anunciantes.
E proibido a reprodução total ou parcial de qualquer parte deste site.

Todas as marcas e modelos aqui citados pertencem a seus respectivos proprietários.