Toyota é última fabricante nacional a adotar o motor Flex - Carros

Toyota é última fabricante nacional a adotar o motor Flex

Leia sobre o carro: Toyota é última fabricante nacional a adotar o motor Flex

24/05/2007

Toyota é última fabricante nacional a adotar o motor Flex

O sedã Toyota Corolla com motor 1.8 16V Flex custa a partir de R$ 56.565

A Toyota foi o último fabricante nacional de automóveis de passeio a adotar a motorização flex fuel. Está chegando às lojas o sedã Corolla e a perua Fielder com novo motor 1.8 16V VVT-i Flex, que desenvolve 136 cv (cavalos) de potência.
A montadora investiu US$ 15 milhões em três anos de desenvolvimento para o motor flex.

FICHA TÉCNICA
Toyota Corolla Flex

Motor: dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 16V, bicombustível, 1.794 cm³ de cilindrada
Potência: 136 cv a 6.000 rpm
Torque: 15 kgfm a 4.400 rpm
Direção: hidráulica
Câmbio: automático, de quatro velocidades com overdrive
Suspensão: dianteira McPherson, com barra estabilizadora traseira com eixo de torção e barra estabilizadora
Freios: a disco na as quatro rodas, com ABS (antitravamento) e EBD (distribuição eletrônica da força de frenagem)
Dimensões: 4,53 m de comprimento; 1,71 m de largura; 1,48 m de altura; 2,60 m de entreeixos
Peso: 1.130 kg a 1.170 kg, dependendo da versão

Tanque: 56 litros
Porta-malas: 437 litros
Preços: Corolla XL-i 1.8 Flex, R$ 56.565 (manual) e R$ 61.101 (automáico)
Corolla XE-i 1.8 Flex, R$ 62.233 (manual) e R$ 66.880 (automático)
Corolla SE-G 1.8 Flex, R$ 79.676 (automático)
Fielder XE-i 1.8 Flex, R$ 67.144 (manual); R$ 71.729 (automático)
Fielder SE-G 1.8 Flex, R$ 83.712 (automático)


Noticias sobre Carros